Notícias

ENEL Rio registrou 391 colisões com postes da rede elétrica em 2023


ENEL Rio registrou 391 colisões com postes da rede elétrica em 2023 ENEL Rio registrou 391 colisões com postes da rede elétrica em 2023

Distribuidora registrou aumento de 13% no número de postes danificados nos primeiros quatro meses de 2024 em comparação com o mesmo período de 2023;

Somente neste ano, entre janeiro e abril, 142 postes foram abalroados na área de concessão da companhia;

Em alusão ao Movimento Maio Amarelo, companhia lista algumas orientações em caso de acidentes.

Rio de Janeiro, 13 de maio de 2024 ? Com o objetivo de promover a conscientização e mobilizar a sociedade por um trânsito mais seguro no mês que celebra o Movimento Maio Amarelo, um levantamento da Enel Distribuição Rio mostra que foram registradas 391 colisões com postes da rede elétrica em 2023 em toda a sua área de concessão: uma média de mais de uma batida em postes por dia. Apenas nos primeiros quatro meses deste ano, a Enel Rio registrou 142 ocorrências em sua área de concessão contra 126 no mesmo período do ano passado, um aumento de 13%.

De acordo com o levantamento da Enel Rio, a região de Niterói liderou o ranking de colisões contra postes em 2023, registrando 244 ocorrências. Em seguida, a região de Campos aparece com 158 ocorrências e a de Macaé, com 132. Fechando o top 5 do ranking, aparecem a região São Gonçalo com 97 ocorrências e a de Cabo Frio, com 85.

O responsável por Operação e Manutenção da Enel Distribuição Rio, Fábio Damasceno, informa que esse tipo de ocorrência costuma se concentrar próximo dos finais de semana, entre sexta e segunda-feira. Segundo ele, um poste derrubado pode significar horas de trabalho das equipes de manutenção, que precisam não apenas substituir a estrutura, mas reconstruir todo o trecho da rede elétrica danificada. ?Em alguns casos mais complexos, é necessário aguardar liberação da perícia para iniciarmos os trabalhos, o que pode aumentar o tempo que os clientes ficam sem energia?, comenta. O executivo também comenta sobre a responsabilidade pelos causados: ?Além do risco à vida e impacto da falta de energia a diversos clientes, importante destacar que todo o custo de reposição de estruturas e cabos é repassado a quem provocou o dano ao bem público?.

Com o objetivo de promover a conscientização e mobilizar a sociedade por um trânsito mais seguro no mês em que é realizado o movimento Maio Amarelo, a companhia de energia orienta a população em caso de acidentes com postes. Confira abaixo algumas orientações para tornar o trânsito mais seguro e saber o que deve ser feito em casos de acidentes envolvendo postes da distribuidora:

1. Em caso de acidente com poste, se houver queda do poste ou de cabos, procure ficar no interior do veículo, sem tocar nas partes metálicas, até o atendimento pelas equipes da empresa;

2. Não se deve tocar em cabos que estejam no solo, sobre o carro ou ficar embaixo de estruturas danificadas;

3. Nunca tente realizar o isolamento da área;

4. No caso de pedestres que estiverem passando pelo local, a companhia alerta para não se aproximarem e chamarem pelo socorro imediatamente;

5. Mantenha o veículo com a manutenção em dia, verificando o estado dos pneus, dos freios, dos faróis e dos retrovisores;

6. Não dirija sob o efeito de álcool, remédios ou qualquer outra substância tóxica;

7. Não use celular quando estiver dirigindo. Além de colocar em risco a sua vida, dos pedestres e de outros motoristas, a Lei de Trânsito considera esta prática uma infração gravíssima;

8. Fique atento às condições da pista e do clima. Em caso de pista molhada ou de neblina, dirija com cuidado. Diminua a velocidade e mantenha a distância dos demais veículos;

9. Respeite sempre a sinalização de trânsito e os limites de velocidade das vias, em qualquer dia, local e horário.

Responsabilidade sobre os danos

Quando situações como essas acontecem, a Enel Distribuição Rio deve ser comunicada para realizar a troca do poste. Uma equipe da companhia é deslocada imediatamente para o local, a fim de fazer os reparos na rede. A partir do registro da placa do veículo e de fotos do incidente, os custos operacionais gerados, incluindo desde o primeiro atendimento até a substituição ou reparo do poste e/ou da rede elétrica, são repassados ao setor Jurídico da empresa, que realiza a cobrança junto ao proprietário do veículo.

 

Para comunicar ocorrências, solicitar serviços ou informações, os clientes podem entrar em contato pelo aplicativo Enel Rio; pelo site da companhia (www.enel.com.br); pelas redes sociais ? Facebook (facebook.com/enelclientesbr) e Twitter (@enelclientesbr) ou ainda pela Central de Atendimento 0800 28 00 120.

Sobre a Enel Distribuição Rio 

A Enel Distribuição Rio atende 66 municípios do estado do Rio de Janeiro, abrangendo 73% do território estadual, com cobertura de uma área de 32.188 km². A Região Metropolitana de Niterói e São Gonçalo e os municípios de Itaboraí e Magé representam a maior concentração do total de 3 milhões de clientes atendidos pela companhia.

Conheça o Canal do Boni - Energia, Petróleo e Gás

Informações do mercado de trabalho, e negócios, do setor de Petróleo e Gás.

Canal no Youtube - click aqui, conheça, e inscreva-se

Fonte: Guilherme Sá - Approach